Buscar

Dado critica atuação da arbitragem e reforça confiança em Douglas: "Não existem motivos para tirar"

Autor(a): Redação Galáticos Online em 03 de Abril de 2021 19:10
Foto: Felipe Oliveira/ECB

De olho na liderança do Grupo A e na classificação antecipada para próxima fase da Copa do Nordeste, o Bahia entrou em campo neste sábado (3), para medir forças com o Fortaleza, atual líder do Grupo B, fora de casa. Em um jogo bastante movimentado e com maior intensidade do time da casa, o voltou a jogar mal e repetir os mesmos erros defensivos, o que resultou na derrota por 2 a 1 para o time cearense. 

Durante entrevista coletiva após a partida, o técnico Dado Cavalcanti avaliou que o time fez uma partida de igual para igual com o Fortaleza e relembrou a dificuldade em jogos contra Vitória, CSA e Fortaleza, todos fora de casa, quando o time foi derrotado.

"Primeiro entendo a junção dos três jogos que perdemos. Mas separo os três jogos, foram bem diferentes. O jogo de hoje tivemos dificuldade, como tivemos em outros momentos, mas foi um jogo de igual para igual. Não dá para isolar o contexto de criação. Foi um jogo decidido nos detalhes. Não demos espaços para o adversário, o adversário não deu espaços para a gente. Foi um jogo falado até demais. Descaracterizo com os outros dois jogos. Dos jogos que perdemos, esse foi o que melhor nos portamos. Infelizmente o resultado nos fugiu nos detalhes".

Em seguida, Dado reclamou da arbitragem e viu falta de David em Nino no lance do segundo gol do Fortaleza.

"O jogo foi disputado, enfrentamos um adversário que se fechou bem, marcou melhor que no jogo passado, tivemos mais a boal que no jogo passado e tivemos menos espaços. Foi um jogo muito igual. O detalhe fez a diferença. Infelizmente o detalhe veio de um erro de arbitragem. Foi claro a falta de David e Nino. Ele marcou vários lances assim do Gilberto. Infelizmente não marcou o de David. Mas não vou transferir a responsabilidade da derrota. Poderíamos ter mais controle de jogo, uma performance melhor. Infelizmente um detalhe fez a diferença".

Por fim, o treinador avaliou o rendimento do goleiro Douglas, que falhou em dois lances que poderia ter resultado em gols para o adversário. 

"Não existem motivos hoje para tirar Douglas. Tenho confiança nele. Não tomamos gols por conta dele. O jogo traz algumas dificuldades, a bola varia, é normal para todos os goleiros da Copa do Nordeste ter mais dificuldade, principalmente nas bolas chutadas de fora. Vamos trabalhar para que nossos atletas, seja quem for, tenham confiança".


Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Mais noticias


Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade