Buscar

Avaliado em 550 mi, projeto da Fonte para 2010 chega ao Ministério dos

Autor(a): Fonte: Agecom em 04 de Agosto de 2009 14:45

Os estudos de viabilidade econômica para a construção do novo estádio da Fonte Nova estão dentro das exigências e do organograma traçados pela Fifa. Os trabalhos foram apresentados, na segunda-feira (3), pelo secretário do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Nilton Vasconcelos, a representantes do Ministério do Esporte, de outros ministérios envolvidos nas ações preparativas para o evento e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Na semana que vem, o Governo da Bahia vai lançar uma consulta pública sobre a possibilidade de adotar o modelo da Parceria Público Privada (PPP) para a construção do novo estádio. Durante 30 dias, a consulta será submetida à sociedade contendo as linhas do edital de licitação, que será feito em setembro, e do projeto básico do estádio.

Vasconcelos disse que, até o final do ano, de acordo com o prazo dado pela Fifa, será declarado o vencedor da licitação para a construção e operação do estádio. “Quem vencer será responsável pelo projeto executivo e pela demolição, além de todos os estudos de impacto ambiental”, declarou.

Em dezembro de 2012 o estádio estará pronto para ser entregue à população baiana, antes da Copa das Confederações em 2013, que é considerada importante por ser um teste para a o evento em 2014.

Qualidade internacional

A obra está avaliada em R$ 550 milhões e deve atender a todas as exigências do caderno de encargos da Fifa, proporcionando ao torcedor baiano um equipamento de qualidade internacional. Com capacidade para 50 mil torcedores, o estádio conta com estacionamentos, camarotes, estúdios, restaurantes, sala de imprensa, sanitários e outras benfeitorias.

Outro item contemplado pelo projeto é a tecnologia de informação, que prevê uma linha de fibra ótica e vários equipamentos de última geração. Trata-se da mesma tecnologia utilizada na construção do estádio de Hannover e que permitirá a transmissão de imagem e dados das partidas para todo o mundo. Outra exigência da Fifa que terá que ser obedecida é a construção do estádio sem a pista de atletismo, para aproximação entre o público e o campo de futebol.

Leia mais
MP pretende proibir bebida alcoólica na Copa de 2014
Exclusivo: Sedes da Copa de 2014 já estão definidas
Fonte Nova deve perder pista de atletismo e ser demolida


Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Mais noticias


Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade