Buscar

Pressionado, Rodrigo diz que gol sofrido foi azar e discorda de que mudou o time tarde

Autor(a): Redação Galáticos Online em 07 de Junho de 2021 23:07
Foto: Letícia Martins / EC Vitória

Após a derrota em casa para o Náutico, Rodrigo Chagas ficou ainda mais pressionado no Vitória. Com a torcida pedindo a sua "cabeça", o técnico tentou justificar mais uma decepção.

Na coletiva de imprensa após a partida, o treinador lamentou o gol sofrido. "Tomamos o gol em uma das jogadas que sabíamos que era o ponto forte deles. A bola na lateral na busca por Kieza. Num chute despretensioso, terminou no gol. Acho que demos azar no gol que tomamos".

Questionado sobre a demora a fazer alterações na equipe que não vinha bem, o comandante se defendeu e não concordou com as críticas. "Não (mudou tarde). Sabíamos das opções que tínhamos no banco. Tentamos extrair o máximo daqueles que estavam no jogo. Os que entraram buscaram. Criamos, não podemos questionar oportunidades, pois tivemos oportunidades, mas não fomos eficazes em colocar a bola para dentro".

Porém, ele admitiu que fará mudanças no time titular para os próximos jogos. "Não tenha dúvida. É uma necessidade. Precisamos ganhar os jogos dentro de casa para melhorar na tabela. Já começamos a pensar em opções para ter uma equipe mais ofensiva".

Perguntado sobre o que o Vitória precisa para vencer o Internacional fora de casa e se classificar na Copa do Brasil, Rodrigo destacou a questão psicológica como foco do trabalho. "Temos que trabalhar a questão psicológica dos atletas. Realmente a gente vem de dois jogos ruins. Não fomos bem contra o Inter. Hoje já melhoramos, criamos. Não fomos eficazes. Se tivéssemos colocado a bola para dentro o jogo seria outro", concluiu.


Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Mais noticias


Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade