Uéslei Pitbull lembra passagem pelo Bahia e destaca gols marcados no clube

Autor(a): Redação Galáticos Online (Instagram - @galaticosonline) em 09 de Junho de 2020 22:25
Foto: Esportetotal

O ídolo da torcida do Bahia, Uéslei Pitbull, concedeu entrevista aos Galáticos na noite desta terça-feira (9). O atleta falou sobre a carreira, destacou a passagem de 1999 pelo Bahia e destacou a principal função que desenvolveu em campo.

"Joguei em várias posições. A minha real, eu acho que é onde eu fui conhecido no Brasil e também no Japão, como atacante", disse Pitbull.

Uéslei também falou sobre o início da carreira, quando jogava na base do Bahia. "Comecei no Bahia em 87, na base. Fiz uma peneira com Nilton Mota, Luciano Reis e a equipe dele. Eu fui convocado para disputar as competições pelo clube e graças a Deus fui muito feliz"

Questionado sobre a marca de 140 gols com a camisa do Bahia, Pitbull afirmou: "Os registros falam isso, mas tem outras pessoas que falam que eu tenho mais. Deixa 140 mesmo, está ótimo. Fiquei feliz porque foi um acontecido na minha carreira. Joguei no máximo quatro anos no clube e fiz 140 gols. Acho que é uma marca muito boa, fico feliz por isso", disse.

O atacante lembrou da disputa de pênaltis nas quartas de final da Copa do Brasil em 1999, quando o Bahia foi eliminado pelo Juventude."Ali foi escolha do treinador. Na verdade, ele queria que eu batesse o último, ainda bem que eu bati o terceiro, que ainda consegui fazer o gol. Foi escolha do Joel e infelizmente aconteceu aquilo. A gente com um time até melhor e infelizmente a gente saiu para o Juventude naquela situação", afirmou.

Uéslei destacou a participação dele na partida, sendo fundamental para o Tricolor na eliminatória."Fiz dois gols lá, nós empatamos 2 a 2 e fiz um gol aqui, aquele gol de falta muito bonito".

Outros trechos da entrevista:

Depois do Bahia 

- Fui para o Guarani. Em 95 tive a oportunidade de jogar neste grande clube. Do Guarani eu fui para o Flamengo. Esses clubes que estou citando aqui, tudo atuando como volante, meia e até lateral. Do Flamengo fui para o Cruzeiro, do Cruzeiro fui para o São Paulo, do São Paulo Vitória, depois Bahia e Japão

Melhor forma

- Quando tive no Vitória, eu fiz uma competição muito boa. Estava numa fase muito legal, em 97. Em 96 também, no Cruzeiro, quando nós vencemos a Copa do Brasil e o Campeonato Mineiro, eu tava muito bem, mas minha fase verdadeira mesmo foi 99, onde eu fiz 54 gols no ano e terminei como artilheiro do Brasil, pelo Esporte Clube Bahia

Futebol Japonês

- Fiquei 10 anos. Eu fui para lá em 2000, no segundo semestre. Tive um retorno ao Brasil em 2005, joguei no Bahia, joguei no Atlético-MG, depois retornei e fiquei mais cinco temporadas também no Japão e juntando tudo isso, foram 10 temporadas, 10 anos. 


Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Mais noticias


Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade