Palmeiras pode ter zaga inédita diante do Bahia

Autor(a): Folhapress em 11 de Dezembro de 2020 22:30
Foto: Reprodução

Escalar o Palmeiras não tem sido missão fácil para o técnico Abel Ferreira desde que chegou ao clube, em 5 de novembro. Trabalhando de maneira remota a partir de quando começou a cumprir a quarentena por testar positivo para a Covid-19, o comandante agora cogita a possibilidade de mandar a campo contra o Bahia, neste sábado (12), às 19h, no Allianz Parque, uma dupla inédita na defesa em partida pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Isso pode acontecer caso Ferreira opte por escalar um time alternativo no Brasileirão, já que terá uma decisão no meio da semana contra o Libertad, pela partida de volta das quartas de final da Copa Libertadores. Se decidir poupar Luan e Gustavo Goméz, titulares na última terça (8), o treinador terá apenas Kuscevic, Alan Empereur e Renan como opções, uma vez que Emerson Santos seria utilizado como volante. Os três defensores ainda não começaram uma partida juntos.

Caso a mudança se confirme, será a quinta formação da defesa palmeirense sob o comando do português. Em 11 jogos, incluindo os confrontos comandados por seus auxiliares, Abel Ferreira escalou quatro diferentes duplas, são elas: Luan e Gustavo Goméz (5x); Emerson Santos e Renan (3x); Emerson Santos e Goméz (2x); Luan e Empereur (1x).

Para além das evidências da montagem do time, as alterações também reforçam a importância do capitão Gustavo Goméz. Preferido pelo técnico, ele atuou sete jogos como titular — presença em 63% dos jogos de Abel. Se analisadas as estatísticas do defensor durante toda a temporada, os números explicam tamanha predileção e soberania no setor defensivo alviverde. Em 52 jogos oficiais do Palmeiras nesta temporada, o paraguaio atuou em 77% deles e anotou quatro gols — números que já tendem a ser melhores que do ano passado, quando terminou com 42 partidas e cinco gols.

Contudo, Goméz foi um dos atletas que reclamou de cansaço depois da partida no Defensores del Chaco e que vem de uma sequência desgastante, apesar de ter ficado fora do clássico com o Santos, na rodada passada do Brasileirão, por causa da suspensão aplicada pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

"O físico nos custou um pouco. Estamos muitas dificuldades, muitos lesionados, outros com Covid. Estamos superando isso em cada jogo. Agora vamos descansar que no fim de semana temos jogo importante no Brasileirão, que estamos brigando", disse o zagueiro.

Com 38 pontos, o Palmeiras ocupa a sétima colocação e vem de um empate com o Santos por 2 a 2 na Vila Belmiro.

Já o Bahia perdeu os últimos três jogos no Brasileirão e levou nove gols. Com isso, precisa se recuperar para se distanciar da zona de rebaixamento. A equipe de Mano Menezes ocupa o 13º lugar, com 28 pontos.

Nem na Copa Sul-Americana a situação está tranquila. Pelas quartas de final, o Bahia perdeu o jogo de ida, em Salvador, para o Gimnasia y Justicia por 3 a 2. Isso provocou revolta de parte da torcida que atingiu o centroavante Gilberto, alvo de protestos no embarque da delegação para São Paulo.

PALMEIRAS
Weverton; Gabriel Menino, Luan (Kuscevic), Gustavo Gómez (Alan Empereur), Matías Viña; Emerson Santos, Danilo, Raphael Veiga; Gabriel Veron, Willian, Gustavo Scarpa (Rony). T.: Vítor Castanheira

BAHIA
Douglas; Nino Paraíba, Ernando, Juninho, Juninho Capixaba; Gregore, Ronaldo, Daniel; Rossi, Élber (Fessin), Gilberto. T.: Mano Menezes

Estádio: Allianz Parque, em São Paulo
Horário: 19h deste sábado
Juiz: Rafael Traci (SC)


Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Mais noticias


Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade