Coordenador médico do Bahia analisa retorno do elenco aos treinos

Autor(a): Redação Galáticos Online (Twitter - @galaticosonline) em 16 de Junho de 2020 16:00
Foto: Foto: Bruno Queiroz/EC Bahia

O Bahia dá sequência ao plano de retornar aos treinos presencias no CT Evaristo de Macedo, nesta terça-feira (16) e o Dr.Luiz Sapucaia, coordenador médico do Tricolor avaliou os cumprimentos dos protocolos.

Na opinião dele, houve entendimento entre os departamentos e ainda elogiou as medidas de segurança tomadas.

"Esse é um protocolo que nós criamos já há 30, 40 dias. É um protocolo muito seguro, que tem se utilizado de bases internacionais. Utilizamos os protocolos europeus e, inclusive, também o protocolo desenvolvido pela CBF que contou com a colaboração de 180 médicos envolvidos com a área de futebol. E temos a sorte de contar com um CT que tem amplo espaço, boa ventilação e eu tive muita tranquilidade e segurança na solicitação do cumprimento dos protocolos junto aos meus pares, ao departamento físico, ao departamento de nutrição, fisioterapia. Todos atenderam perfeitamente e entenderam como deve funcionar o protocolo. Portanto, hoje foi um dia em que a gente sai muito feliz porque todos entenderam", disse.

Sobre a triagem médica e higienização da Cidade Tricolor, ele salientou que houve um trabalho intenso: "A triagem começou desde que fizemos a testagem. Nós fizemos um questionário avaliativo durante todo o período da triagem, com todos os atletas, antes de fazer os exames. Fizemos todos os exames de COVID já com informações de todo esse período de afastamento deles com suas famílias. Fizemos a avaliação médica do ponto de vista de lesão, se alguém sentiu alguma coisa nesse período, se teve algum machucado, coisas do gênero. Hoje (16), nós retomamos os treinos e fizemos a tomada de temperatura de todos os atletas na chegada junto com a higienização de todos eles. Eles trarão os questionários diuturnamente, todas as vezes que eles vierem treinar eles trarão os questionários respondidos com suas famílias, se alguém teve febre, tosse, algum sintoma novo. Só depois disso é que nós adentraremos ao ambiente de campo".

Por fim, ele falou sobre os atletas que testaram positivo para o coronavírus. Como eles inicialmente estão assintomáticos, Sapucaia disse que há um modelo específico de trabalho para eles contanto que os quadros clínicos permaneçam assim.

"Nós desenvolvemos um protocolo para esses atletas manterem o estímulo da parte física respeitando qualquer quadro sintomatológico que se apresente. Portanto, se alguém sentir febre, dor de cabeça, tosse, falta de ar, qualquer sintoma que apareça, eles devem procurar o departamento médico que vai avaliar o que deve ser feito", completou.


Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Mais noticias


Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade