No Atlético-MG, Rafael fala sobre colocar o Cruzeiro na justiça

Autor(a): Redação Galáticos Online (Twitter - @galaticosonline) em 20 de Março de 2020 17:00
Foto: Bruno Cantini / Atlético-MG

Depois de 12 anos vestindo a camisa do Cruzeiro, Rafael fechou com o Atlético-MG no começo de 2020. Muito criticado pela torcida da Raposa, o goleiro falou abertamente sobre ter deixado a Toca pela primeira vez.

"Sempre tentei resolver toda essa situação minha de forma amigável, de forma correta. Para isso, tive inúmeras reuniões, onde várias coisas ditas não foram cumpridas, que mudavam a todo tempo", disse o goleiro.

"Aí, infelizmente me vi na última situação, porque era uma decisão que eu já tinha tomado, de seguir a minha vida e poder buscar novos objetivos e novos sonhos. Eu já tinha 12 anos no clube e precisava de seguir, já que o clube já tinha feito a opção de seguir algumas linhas que conversaram comigo e não cumpriram", continuou.

Sobre o julgamento da torcida, Rafael afirmou que deixou o Cruzeiro por uma questão profissional. “As pessoas sempre julgam, falam que eu fui Judas, que eu sou mercenário, mas tenho a consciência muito tranquila. Na verdade, deixei muita coisa de dinheiro. Não foi por conta de dinheiro, foi uma questão profissional”, falou. 

Rafael vestiu a camisa do Galo pela primeira vez no dia 14 de março, na vitória em cima do Villa Nova pelo placar de 3 a 1. Com a chegada do técnico Sampaoli, o atleta passou a ser utilizado com regularidade na equipe titular.


Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Mais noticias


Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade