Acusado de cometer injúria racial, Índio Ramírez é afastado até a conclusão da investigação

Autor(a): Redação Galáticos Online em 21 de Dezembro de 2020 06:45
Foto: Felipe Oliveira/ECB

Na madrugada desta segunda -feira (21), o Esporte Clube Bahia divulgou uma nota se posicionado sobre a acusação de injúria racial, feita pelo volante Gerson, do Flamengo, contra o colombiano Índio Ramírez, onde informa a decisão de afastar o atleta até a conclusão das investigações.

Segundo o Bahia, o meia colombiano nega veementemente a acusação e será dada a oportunidade de se defender de algo tão grave.

Ainda de acordo com a nota, o presidente da agremiação, Guilherme Bellintani, ligou para Gerson a fim de prestar solidariedade.

Confira a nota integra:

O Esporte Clube Bahia vem a público se manifestar sobre a denúncia de racismo feita pelo atleta Gerson, do Flamengo, ocorrida na noite deste domingo (20).

O atleta Indio Ramírez nega veementemente a acusação e a ele está sendo dada a oportunidade de se defender de algo tão grave.

O clube entende, porém, que é indispensável, imprescindível e fundamental que a voz da vítima seja preponderante em casos desta natureza.
Assim, decidiu afastar imediatamente o jogador das atividades da equipe até a conclusão da apuração.

O presidente Guilherme Bellintani ligou para Gerson a fim de prestar solidariedade.


Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Mais noticias


Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade