Após acusação de Gerson, Ramírez, Mano e árbitro são intimados a dar depoimento sobre injúria racial

Autor(a): Redação Galáticos Online (Twitter - @galaticosonline) em 21 de Dezembro de 2020 16:00
Foto: Davi Barros - ALEXANDRE DURÃO/CÓDIGO19/ESTADÃO CONTEÚDO

A Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância, informou através da delegada Marcia Noeli, que o jogador do Bahia, Ramírez, o ex-técnico do Esquadrão Mano Menezez e o árbitro Flavio Rodrigues de Souza, que comandou a partida entre Flamengo e Bahia, vão ser intimados a dar depoimento presencial sobre a acusação de Gerson, de injúria racial.

O camisa 8 do Flamengo se revoltou, no jogo do último domingo (20), após, segundo ele, ter escutado Ramírez falar "Cala a boca, negro". Ele dará depoimento na terça (22), na delegacia especial, no Centro do Rio de Janeiro. Sobre o comparecimento das outras pessoas que serão ouvidas, ainda não há data.

"Instaurei inquérito e combinei com o departamento jurídico do Flamengo para que o Gerson viesse aqui para que pudesse relatar tudo o que aconteceu. Pedi para CBF os documentos referentes ao jogo (súmula). Injúria racial é crime e tem que ser punido. Importante as pessoas entenderem que não pode haver mais racismo", falou Marcia Noeli, delegada.
 


Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Mais noticias


Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade