Dão relembra passagem pelo Vitória e se declara: "Sou apaixonado por esse clube"

Autor(a): Redação Galáticos Online (Twitter - @galaticosonline) em 22 de Julho de 2020 12:00
Foto: Divulgação

Dando seguimento à série de entrevistas, o Itapoan Esportes, programa esportivo que vai ao ar de segunda à quinta, na Rádio Itapoan FM, entrevistou, nesta terça-feira (22), o ex-atacante do Vitória, Dão. Hoje com 54 anos o defensor arqueiro relembrou sua passagem pelo rubro-negro baiano e revelou detalhes do início do ciclo no clube.

"Comecei na Jacuipense, participei de uma competição defendendo o clube e o Vitória me contratou em seguida. Daí começou essa pequena trajetória. Eu já tinha 25 anos de idade quando cheguei ao Vitória e não tinha uma preparação de base, mas mesmo assim consegui me destacar por onde passei", disse o ex-jogador e completou:

"Eu fiz uma grande competição pela Jacuipense, recém-chegada à Série A do baiano, e chamei atenção do Paulo Carneiro, que era o presidente do Vitória na época. Toda negociação foi feita através dele e sou muito grato pela oportunidade de ter defendido o Vitória. Por onde eu ando eu sempre levantei a bandeira de Paulo Carneiro, justamente pelo fato de ter aprendido muito nesse período que passei com ele e sou grato demais. Ele me ajudou bastante como pessoa. O torcedor do Vitória mora no meu coração. Sou apaixonado por essa equipe". 

O atacante também aproveitou a ocasião para contestar o número de gols feitos com a camisa do clube. Segundo ele, seus tentos marcados e disponibilizados no site do clube ultrapassam os 40.

"Eu fiz mais de 40 gols com a camisa do Vitória. Tinha competição internacional que eu fui artilheiro e esses gols me parece que não foram computados. Eu me lembro que na época o Edson Almeida, que era assessor do clube na época tinha me passado uns dados e eu tinha 74 gols marcados, mas fazendo um levantamento em alguns lugares eu encontro os 40 gols realmente. Enfim, o importante é que ajudei o clube lá atrás e também no ataque, quando dava. 
Por fim, Dão fez um balanço sobre a equipe atual do Vitória e apontou que o elenco é o mais qualificado dos últimos anos. 

"É muito superior aos últimos elencos montados. Eu acredito muito na equipe e nos profissionais que estão à frente desse trabalho. Sabemos que o clube enfrenta dificuldades dentro e fora de campo, mas analisando com os times anteriores tenho certeza que podemos brigar de igual para igual com qualquer adversário.

Além de Jacuipense e Vitória, o baiano de Sento Sé também defendeu as cores do Rio Branco-SP, Avaí e Figueirense. 


Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Mais noticias


Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade