Em "carta à sociedade", Bahia anuncia conjunto de medidas estruturais de combate ao racismo

Autor(a): Redação Galáticos Online (Instagram - @galaticosonline) em 24 de Dezembro de 2020 14:00
Foto: Reprodução

O Bahia divulgou na tarde desta quinta-feira (24), um conjunto de medidas estruturais de combate ao racismo. As ações foram publicadas no site oficial do clube após o presidente Guilherme Bellintani anunciar o retorno do meio-campista Índio Ramírez, acusado de cometer racismo, ao elenco.

Entre as medidas propostas pelo Bahia, estão: inclusão de cláusula anti-racista, xenofóbica e homofóbica no contrato dos atletas; proposta de criação de protocolo antidiscriminatório para jogos de futebol no Brasil e a inclusão de espaço no Museu do Bahia dedicado ao combate e debate do racismo, xenofobia, sexismo e LGBTfobia e demais formas de intolerância.

O comunicado ainda destacou que o Bahia vai seguir acompanhando os desdobramentos do caso envolvendo o meio-campista Índio Ramírez em instâncias superiores, como Polícia Civil e Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

Entenda o caso

Ao final da partida entre Flamengo e Bahia, no último domingo (20), pela Série A do Campeonato Brasileiro, o meia Gerson, do Rubro-Negro carioca, afirmou ter sido vítima de injúria racial cometida pelo colombiano Índio Ramírez.

Após a partida, a diretoria do Bahia demitiu o técnico Mano Menezes, que classificou o descontentamento de Gerson pela suposta ofensa racista como "malandragem". Ramírez foi afastado do grupo para a realização de apuração interna e atendimento psicológico. 

Clique aqui e confira a carta divulgada pelo Bahia.


Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Mais noticias


Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade