Douglas é destaque em triunfo do Bahia e diz: "Para mim, individualmente, a partida foi importante"

Autor(a): Redação Galáticos Online (Twitter - @galaticosonline) em 25 de Novembro de 2020 20:00
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

O Bahia teve um jogo difícil contra o Unión Santa Fé, pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana. Sendo assim, Douglas apareceu e se destacou com belas defesas, garantindo assim, o triunfo do Esquadrão por 1 a 0.

Em entrevista, o goleiro, que é um dos líderes do grupo, falou  sobre a importância do triunfo para a moral da equipe.

"Nossa vida é isso. Vida de goleiro. Dentro e fora de campo é isso. Tem dias que somos mais lembrados, tem dias que somos menos. Mas eu não encaro dessa forma, eu sempre estou disponível para falar e me expressar. Gosto de falar nos momentos bons e nos ruins, não tenho dificuldade nenhuma. Mas a brincadeira é bacana. Para mim, individualmente, a partida foi importante. Um jogo que fui mais exigido. Não teve nenhuma preparação diferente. O jogo é o mesmo de todo dia, que está sempre trabalhando, se dedicando para contribuir, ajudar o grupo em busca de nossos objetivos. Entendo que o Bahia e o grupo merecem grandes conquistas. Isso que temos buscado", disse e continuou:

"Demos um passo, não sei se grande ou pequeno, depende de nossa atuação no segundo jogo, mas um passo à frente para a classificação na Sul-Americana. No contexto que a gente vinha, de uma derrota muito dolorosa, a gente sabe que ficou abaixo. Diante desse contexto e diante da dificuldade do jogo, soubemos suportar bem a partida. O mais importante foi o triunfo no final, que coroou uma boa atuação individual e também o empenho e dedicação do grupo nesse jogo e na sequência de jogos, que é muito difícil".

Douglas ainda elegeu qual foi a defesa mais difícil, na visão dele, durante a partida.

"Para um goleiro, pelo menos para mim, vou falar de mim, um tiro de meta, uma reposição, me cobro nos mínimos detalhes. Mas, evidente, as defesas são importantes, principalmente no momento do jogo ou pela dificuldade. Acredito que a defesa do primeiro tempo, uma bola de escanteio que ficou pipocando na nossa área e não conseguimos tirar, o atleta deles cabeceou, consegui reagir rápido e evitar o gol naquele momento. Acredito que foi a defesa mais difícil e mais importante pelo momento do jogo. Era final do primeiro tempo. A gente em casa, uma partida eliminatória, jogar o segundo tempo atrás do placar seria muito difícil diante de uma equipe muito boa, muito bem preparada para essa competição. Essa defesa, acredito que pela dificuldade, pelo contexto e pelo momento do jogo, foi a mais importante para mim dentro do jogo", comentou.

Por fim, ele  ainda projetou o jogo de volta, que vai acontecer na Argentina, na próxima terça (2).

"É um jogo que a gente tem que estar preparado para todas as circunstâncias, para todas as dificuldades que forem proporcionadas dentro de campo e fora. Na viagem, na chegada, nesse momento que estamos vivendo, de Covid. Não sabemos se até lá teremos todo o grupo. Então, a gente tem que tomar os cuidados e se preparar dentro e fora de campo desde hoje. Saber que lá será uma partida muito dura. Hoje já temos desafios fora de campo e precisamos estar conscientes da dificuldade dessa partida, da importância dessa partida. Acredito que o grupo, pela experiência, pela capacidade, vai apresentar um bom futebol e conquistar a classificação por méritos", completou.


Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Mais noticias


Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade