Treinadora do Rio Branco se demite após contratação de goleiro Bruno

Autor(a): Redação BNews em 31 de Julho de 2020 21:00
Foto: Divulgação/Reprodução

O Rio Branco-AC ganhou os holofotes nacionais após efetivar a contratação do goleiro Bruno Fernandes, condenado a 20 anos e nove meses de cadeia pelo homicídio de Eliza Samúdio. A chegada do arqueiro teve consequência na estrutura interna da agremiação: treinadora da equipe feminina do Rio Branco, Rose Costa pediu desligamento do time após o anúncio da chegada de Bruno.

"É com tristeza que esse episódio acontece, mas eu não poderia ter tido outra decisão. A minha história como ex-atleta, a minha história como mulher, a minha história como profissional de educação física, a minha história como professora me impede de trabalhar no mesmo ambiente que a gente tenha, reconhecidamente, um feminicida. Qual é o exemplo disso para as gerações futuras?", perguntou a treinadora em entrevista ao canal SporTV.

Rose, que estava no comando da equipe feminina desde o início do ano, afirma que não contesta a reinserção de Bruno — que cumpre pena em regime semiaberto — na sociedade, mas questiona a presença do goleiro no futebol profissional de alto nível, especialmente por conta da exposição gerada por essa posição. 

"Sou profissional de educação física e entendo que o esporte de rendimento é uma vitrine, ele é exemplo para as gerações futuras e grande parte da sociedade acha que isso é normal, que essa oportunidade é a coisa mais relevante nesse momento. Ele tem direito a ressocialização. Eu não tenho dúvidas disso e eu não questiono isso. Mas aí eu te pergunto: será que uma oportunidade como um goleiro principal de uma das equipes que tem mais visibilidade dentro da nossa sociedade rio-branquense é o melhor lugar para dar essa oportunidade?, questionou.


Whatsapp
Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Mais noticias


Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade