Campeão Baiano preocupa

por Tarso Duarte em 16 de Maio de 2016 10:37


Começou a Série A, e o Vitória segue jogando com um volante improvisado na lateral direita. Teve início a competição mais almejada e mais importante que o clube disputa, e a profunda preocupação que tomou conta do domingo rubro-negro, tem justificativa. O Santa Cruz nem precisou jogar tanto assim para golear com facilidade o campeão baiano de 2016.
 
Que o estadual geralmente não é parâmetro sequer para a disputa de uma Série B já não é novidade, mas nesta temporada, em um Baianão ainda mais fraco tecnicamente, o rubro-negro, que teve problemas na ala direita desde o início, resolveu ir a uma guerra, com 38 batalhas duríssimas, com o onze inicial desfalcado.
 
O elenco tem Norberto e Maicon Silva que estão machucados, logo eles voltam. Bem, enquanto isso pontos importantes já começaram a ser perdidos, e lá no final podem e deverão fazer falta, porque qualquer que seja a condição do time um ou dois pontos podem fazer toda a diferença no futuro próximo do clube.
 
Me pergunto se não dava para ter Diogo Mateus nesse elenco. Oras, se não vai usar o garoto da base na posição, a terceira opção vai ser sempre um volante? Lamentável.
 
O problema é mais que apenas lateral
 
A conquista do Campeonato Baiano trouxe um relaxamento natural, que parece ser um tipo de obrigação no futebol baiano, seja o campeão estadual tricolor ou rubro-negro.
 
Muito bem, que esse relaxamento tenha acabado às 13h de domingo (15). Que a urgência de contratar mais um homem de área e um meia tenha sido motivo de debate e contatos dentro da direção comandada por Raimundo Viana.
 
As opções no setor ofensivo estão longe de levar um real perigo para defesas adversárias. Nos últimos três jogos, nenhum triunfo e apenas um gol marcado. Um time que tem Vander como titular e William Henrique como aposta para mudar o panorama de uma partida não dá mais para aceitar. Com todo o respeito aos profissionais, que têm serviços prestados ao clube, mas já passou da hora de dar espaço a outros atletas no setor.
 
Ao que parece a direção rubro-negra ainda não percebeu a diferença entre disputar uma Série A e uma Série B. No ano passado, o time entrava desfalcado e com problemas também, mas tinha pela frente times como Oeste e Luverdense.
 
Lembrando que a cada dia que demoram a chegar, mais irão demorar de estrear os reforços prometidos e necessários. Um atleta que chegasse hoje, segunda-feira (16), estaria pronto talvez para enfrentar o Flamengo no dia 2 de junho, pela 5ª rodada. Se chegasse hoje. Até lá o Leão ainda pega América-MG (fora) e Atlético-MG (em Salvador). Com o time que aí está.
 
Na próxima rodada vem aí o Corinthians. Qual a expectativa para enfrentar o atual campeão brasileiro?
 
Em tempo
 
Parabéns ao profissionais de rádio da Bahia pelo protesto contra a proibição de entrevistas ao intervalo. O Vitória é um dos idealizadores dessa medida, que prejudica o trabalho de uma classe.
 
Nós, cronistas, estamos esperando aparecerem os resultados/melhoras vindos dos dois minutos tomados pelas entrevistas. Até agora não parece ter feito diferença o capricho adotado. 


Whatsapp

Mande um Comentário
Os comentários não representam a opinião do portal Galáticos Online. A responsabilidade é do autor da mensagem.

Ver todos

Publicidade

Fotos

Publicidade

Publicidade